Pegada hídrica da produção de mudas de cana de açúcar

Utilizando a metodologia da Water Footprint Network, a ecosSISTEMAS calculou a pagada hídrica da produção de mudas de cana de açúcar da Syngenta, comparando-a à produção de mudas tradicional.

O resultado é um relatório claro e preciso especificando os volumes de água verde (pluviosidade), com base nos bancos de dados das estações meteorológicas regionais disponíveis, da água azul (captação), com base nos dados de captação de água para irrigação e processos industriais coletados no local, e de água cinza (dissolução de efluentes), com base na utilização de fertilizantes nitrogenados e efluentes utilizados na produção.

Este cálculo pode demonstrar o impacto da produção de mudas da Syngenta, indicando quais fases do processo são mais críticas no uso desse importante e valioso recurso natural.

Entenda como a Pegada Hídrica pode ajudar governos, empresas e indústrias a mensurar e melhorar sua atuação sustentável.




Projetos realizados